Nigéria: onze cristãos são mortos pelo autoproclamado Estado Islâmico.

O assassinato brutal foi documentado no vídeo de 56 segundos, publicado esta quinta-feira (26/12). O vídeo foi gravado numa área externa não identificada. Não foram oferecidos detalhes sobre as vítimas, todas do sexo masculino, mas a organização terrorista afirma que foram “capturadas nas últimas semanas” no estado de Borno, nordeste da Nigéria

Onze cristãos foram mortos na Nigéria. É o que informa a Bbc News África, segundo a qual o autoproclamado Estado Islâmico (EI) publicou um vídeo que mostra o assassinato dos onze. A organização terrorista declarou que esta ação é uma vingança pelas mortes em outubro passado de seu líder e de seu porta-voz na Síria, respectivamente, Abu Bakr al-Baghdadi e Abul-Hasan Al-Muhajir.


Não foram oferecidos detalhes sobre as vítimas, todas de sexo masculino, mas a organização afirma que foram “capturadas nas últimas semanas” no estado de Borno, nordeste da Nigéria.

Condenação da Onu

O assassinato brutal foi documentado no vídeo de 56 segundos, produzido por Amaq, órgão de propaganda do autoproclamado EI, e foi publicado esta quinta-feira (26/12). O vídeo foi gravado numa área externa não identificada.

Um prisioneiro é atingido fatalmente ao tempo em que outros dez são jogados no chão e decapitados. A ação foi duramente condenada pelo secretário geral da Onu António Guterres, que expressou solidariedade ao governo e ao povo da Nigéria.

 
Indique a um amigo
 
 
Notícias relacionadas