Decida amar quem decidiu compartilhar a vida com você

Este texto é para os casados, noivos, namorados e para quem sonha em se casar também. Sua vida não passará despercebida se tiver alguém lá para notar. Não é fácil manter um relacionamento. Exige muito. Exige decisão. Só gente bem resolvida consegue viver todas as renúncias que uma escolha de vida traz. Sempre haverá outro mais rico, mais bonito, mais inteligente, mais qualquer outra qualidade do que aquela pessoa que você escolheu. Quem é casado, no entanto, tem alegrias compartilhadas na época das vacas magras, de perrengues que pareciam sem solução, de vibração nas conquistas de um e de outro. Amar exige tempo. Ninguém ama do dia para a noite. Você pode até ter a atração à primeira vista, a paixão no primeiro olhar, mas amor é construção cotidiana, na alegria, na tristeza, na saúde, na doença.

O tempo é o melhor amigo dos casados. Tempo de quem poderia estar fazendo outra coisa, mas decide se dedicar, arrumar-se, renunciar, preparar uma surpresa e até sair para comprar um presente (e errar completamente o gosto do outro às vezes). Tudo bem.

Amar é decisão diária

Se você tem tempo para as redes sociais, mas diz não ter tempo para seu casamento, reveja suas prioridades. Pode parecer mais fácil se entregar a uma nova paixão, ficar de olho na grama do vizinho e até pensar que as dificuldades são insuperáveis. Antes de partir do lar que vocês construíram, olhe com afeto para quem, um dia, jurou amor e fidelidade, e dedique-se a essa pessoa. De verdade. Se você se sente desvalorizado, desinteressado, valorize e se interesse pelo outro. Comece por você. Interesse-se por você e veja o retorno. Dê o primeiro passo.

Jesus, no Evangelho de São Mateus, exortava para sermos sal e luz no mundo (Mt 5,13-15). E qual é o lugar principal do mundo? Onde estão as pessoas mais importantes do mundo? Dentro da nossa casa, no nosso lar, no nosso relacionamento sacramentado por Deus.

Portanto, seja você o sal e a luz do seu relacionamento. Sal insosso não serve para nada, vela em local baixo não cumpre o seu papel de iluminar todo o ambiente. Seja sal e luz, com paciência, afeto e cuidado. Interesse-se pelo outro e sua vida, sua história, seus sonhos e planos. Gaste tempo com quem você ama. Gaste seu sorriso, sua escuta, seu olhar com quem constrói contigo a sua família.

Não queira viver um romance de novela, pois o que dá ibope na novela – traições, amarguras, aventuras imorais, escapadas – vai minar a sua vida real. Seja mais vocês e menos os outros. Família, parentes, amigos, colegas… Não dê a ninguém o poder de interferir no seu projeto de casal.

Decida amar quem decidiu compartilhar a vida com você.

-Mariella Silva de Oliveira Costa

 
Indique a um amigo
 
 
VEJA MAIS FORMAÇÕES